Após ser contaminada pela Covid-19, Joelma alega ter tido visão, pulmão e mente prejudicados

Diagnosticada em agosto, cantora afirma ter tido sintomas muito graves da doença por mais de 40 dias

A cantora Joelma, 46, foi diagnosticada com o vírus da Covid-19 em agosto. Neste momento, a cantora está recuperada da doença e, nesta semana, em entrevista para a revista Contigo!, contou um pouco mais sobre como foi a recuperação e os sintomas que teve.

“Fiquei muito inchada, com o corpo de uma grávida de nove meses. Fiz vários exames, tive problema no intestino, no estômago, no fígado. Foi pancada. Afetou minha visão, minha mente, meu pulmão”, relatou Joelma.

Joelma afirma que ficou com o vírus no corpo por mais de 40 dias.

“Foi muito tempo, mais de quarenta dias. Com trinta dias ainda dava positivo [o teste]. Com quarenta, quarenta e cinco, eles foram embora. As sequelas ficaram. Eu não conseguia cantar por culpa do meu pulmão, a respiração ficou curta, eu me cansava. Não conseguia segurar a afinação, dar notas prolongadas”, afirmou.

A artista não sabe dizer ao certo quando teve contato com o vírus, no entanto, teve que sofrer ‘calada’ com a gravidade dos sintomas da doença.

“Eu não sei onde eu peguei. Estava no Pará, fui fazer um tratamento de rotina, e começou a dar os sintomas. Tive que ficar isolada. Foi surreal. Foi bom que peguei por todo mundo aqui em casa. Quando souberam aqui em casa, ficaram loucas, minha filha ficou louca. Eu fiquei quietinha, sofri calada.”

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar