Selo atesta medidas contra Covid-19 em estabelecimentos turísticos na capital baiana

O selo Verificado e Safe Travel teve protocolos desenvolvidos com base em referências nacionais e internacionais

Dois famosos restaurantes de Salvador estão entre os dez estabelecimentos comerciais ligados ao setor turístico que foram recentemente contemplados com o selo Verificado e Safe Travel. O Amado, no Comércio, e a Casa de Tereza, no Rio Vermelho, obtiveram a certificação concedida pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), por adotarem medidas de prevenção contra a Covid-19.

Com o reconhecimento, os empreendimentos tiveram aprovados os protocolos sanitários para conter a disseminação da doença e, consequentemente, garantir o bem-estar da população. “O selo nada mais é do que a validação de que o ambiente é seguro e que segue os protocolos sanitários necessários. As medidas apenas foram auditadas, pois já fazíamos várias ações para limpeza e higienização do nosso restaurante, até porque a Vigilância Sanitária não permite que isso seja diferente”, ressalta a chef e empresária Tereza Paim.

O restaurante Casa de Tereza funciona em um imóvel construído em 1836 e dispõe de uma decoração típica baiana, apresentando uma proposta que reúne arte, cultura e gastronomia. O local tem no cardápio delícias da culinária regional, com as influências da Espanha, Portugal e Itália, sendo um dos mais conhecidos roteiros gastronômicos de Salvador.

Sócio do restaurante Amado, Flávio Bandeira acredita que o selo Verificado e Safe Travel reforça ainda mais a credibilidade de que Salvador está segura para receber o turista durante a pandemia. “É uma iniciativa que valoriza os restaurantes e demais estabelecimentos que seguem à risca os protocolos de segurança. Não é à toa que a capital baiana novamente está entre os destinos mais procurados do Brasil”, reforça.

Localizado defronte a uma vista privilegiada para a Baía de Todos-os-Santos, o restaurante Amado está na lista dos visitantes que desejam experimentar sabores da culinária baiana. O espaço dispõe de um menu focado em pescados, mas com base em pitadas regionais. Sua cozinha é assinada pelo chef Edinho Engel, também proprietário do premiado restaurante Manacá na Praia de Camburi, no litoral norte de São Paulo.

Certificação – O selo Verificado e Safe Travel teve protocolos desenvolvidos com base em referências nacionais e internacionais e de forma articulada com representantes do segmento turístico, entre os quais estão bares, restaurantes, hotéis, agências de turismo, meios de transporte, espaços culturais e centros de convenções.

Para obter a certificação, os estabelecimentos têm de passar por uma auditoria feita pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Só após comprovada a adoção dos protocolos, os estabelecimentos recebem o selo, cuja validade é de um ano.

Além do Amado e da Casa de Tereza, foram contemplados com o selo Verificado e Safe Travel a Barraca do Lôro, Catussaba Hotel, Grande Hotel da Barra, Grand Hotel Stella Maris, Hotel Deville, Hotel Bahia do Sol, Mar Azul Hotel e Wish Hotel da Bahia.

“A proposta é estender o número de estabelecimentos com a certificação e para isso acontecer é preciso que as empresas sigam à risca os protocolos de proteção e de combate à transmissão do novo coronavírus. As pessoas saem com suas famílias para bares, restaurantes e hotéis, e elas precisam se sentir seguras. Então, nesse período, o melhor que nós podíamos fazer é mostrar que Salvador tem prioridade com a vida das pessoas”, destaca o titular da Secult, Pablo Barrozo.

Proprietários que desejam certificar suas empresas podem se inscrever no site www.seloverificado.salvador.ba.gov.br. A página disponibiliza todos os documentos técnicos com requisitos necessários para dar entrada no procedimento.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar