Empresa de banana chips deve investir R$ 500 mil em unidade de Salvador

Unidade terá a capacidade da produção de 50,4 mil kg por ano

A Malu Chips deve investir aproximadamente R$ 500 mil na ampliação de unidade industrial, localizada em Salvador. A empresa destinada a fabricação de chips de banana da terra, doce e salgada, terá a capacidade da produção de 50,4 mil kg por ano, que representa um consumo aproximado em 170 mil kg/ano de banana da terra, e a previsão é de promover até 61 postos de trabalho. Além dos produtos já produzidos, a unidade lançou também chips de mandioquinha e batata doce. O protocolo de intenções foi assinado com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), na segunda-feira (21).

“Levar oportunidades para os produtores locais e agricultores familiares é promover a igualdade social, além de industrializar os processos. Queremos estimular e reforçar os negócios regionais. Queremos atrair empresários e investidores para desenvolver os empreendimentos, agregar valor ao que produzimos e aumentar a receita da região e, em conseqüência, da Bahia”, destaca o vice-governador João Leão, titular da SDE.

“Atualmente, a indústria produz 15,6 mil kg/ano e, com a ampliação, promoveremos a geração de empregos em Salvador e o incremento de negócios na Bahia. Com a atividade base da indústria utilizando vários insumos e matérias primas originados e produzidos no estado, como por exemplo, a banana, que é cultivada na região do Baixo Sul, uma das maiores regiões produtoras de banana da terra do Brasil, e também o óleo de palma, que é produzido no Recôncavo baiano. Os nossos produtos já se encontram no mercado, tendo excelente aceitação, sucesso nas vendas”, explica Jairo Lordêlo, sócio da empresa.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar