Praias de Salvador voltarão a ser fechadas devido à quebra dos protocolos de segurança

No último final de semana houve aglomerações em diversas praias da capital baiana

Nesta segunda-feira (28), o prefeito ACM Neto anunciou que as algumas praias de Salvador serão novamente restritas ao acesso de banhistas, a medida é reflexo do descumprimento dos banhistas no último final de semana. As praias ficaram em suspensão por uma semana e, caso seja necessário, a prefeitura deve estender o prazo. 

Ainda não foram divulgadas quais praias serão interditadas, mas o prefeito citou episódios de aglomeração em Itapuã, Piatã, Amaralina, Boa Viagem e Canta Galo. Os episódios foram registrados tanto no último sábado (26), quanto no domingo (27).

“A Guarda Civil não pode ficar fixa em uma praia, como espécie de babá, para cuidar ao mesmo tempo de 64 km de orla. Eu quero ao máximo evitar ser o chato da história, mas não me incomodo. Estamos lutando para cuidar da vida das pessoas. Prefiro ser o chato salvando vidas, do que ser o bonzinho enterrando vidas perdidas pela Covid. A gente não vai ficar ameaçando banhistas, não vou permitir que isso aconteça. A gente conversa, pede que se retire, mas cada um tem que exercer sua consciência”, declarou ACM Neto. 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar